2 de Setembro de 2014

but something keeps me really quiet, I'm alive, I'm a lush

Top from HERE, High waisted jeans from HERE, Vintage Jewelry

Para receber setembro decidi dar uma grande reviravolta e procurar pelo improvável. 
Calças de ganga? Um top preto? É tudo menos o que se espera ver por aqui, e foi por isso mesmo que escolhi estas peças. 
Virar as costas à rotina que se aproxima da forma mais radical para dar um impulso maior, mudar para melhor, dedicar-me mais. Que setembro comece da melhor forma! 
As cores do cenário são frias mas a temperatura ainda está bem quente e por isso mesmo nada melhor que este top, bastante fresco, da Milanoo! Combinado com estas calças subidas, o resultado é nada mais nada menos que um vintage minimalista, adoro!

O que acharam deste registo diferente para fugir à rotina? Prontas para setembro? 

31 de Agosto de 2014

I'm out on the edge and I'm screaming my name


O look maioritariamente branco e o cenário colorido desvendam completamente a minha personalidade, divertida porém serena. No verão adoro vestir branco, é de conhecimento geral que é uma cor fresca e além disso realça o bronzeado! Os sapatos dispensam apresentação e pelo seu aspeto quase dá para adivinhar a sua marca. Ora pois bem, nada mais nada menos do que Lovely Shoes! Tenho ganhado um amor enorme por branco e dourado e estas sandálias consumiram tudo isso. E como todas as outras que já vos apresentei desta marca, são confortáveis, o mais importante de tudo.

O que acharam deste look e da rua cor de rosa que se tornou o cenário perfeito para estas fotos? Se gostaram das sandálias não se esqueçam de ver tantos outros modelos aqui!

27 de Agosto de 2014

when the night is overcome you may rise to find the sun


Fui inocente em achar que não havia melhor recanto que o meu pinhal quando dele ainda não tinha saído. Mal sabia eu que iria encontrar um sítio mais apaixonante, com mais vida e mais horizonte.
 É tão irónico. Apesar de não conseguirmos ver para lá das montanhas, a sensação de enormidade é mil vezes maior do que no campo plano e vasto. 

O ar é tão mágico e quase visível, fresco e limpo. O som da água a correr é audível em toda a parte, como se estivesse mesmo atrás de nós, e a sua temperatura negativa faz-nos desejar com muita força que não seja verdade, numa tentativa de não congelar o cérebro. Subir ao topo da serra é ficar sem ar de tão bonita que é a vista, e com o passar das horas tudo melhora. 

E se um pôr do sol com esta vista privilegiada é bom, não me passava pela cabeça o que era ver as estrelas de tão perto. 
Às quatro da manhã vi constelações, um céu cheio de estrelas como uma cara cheia de sardas, e também estrelas cadentes que prometeram levar os meus desejos. Encontrei a ursa maior. No topo da serra tudo é diferente, e até o pó das estrelas é visível, não deixando nem um espaço negro para nascer uma nova constelação. Parece banal, mas onde vivo se conseguir ver 5 estrelas no céu já é bastante bom. 

Na pequena vila tudo é tradicional e claro, todos se conhecem. A origem desta vila remonta para os tempos romanos e ainda hoje isso é visível em todas as construções. A ponte perto da praia fluvial é uma dessas afirmações e as casas em pedra dão o toque rústico perfeito. 

Assim foram as minhas férias na Serra da Estrela, mais precisamente Loriga, conhecida como ''Suíça portuguesa'', que tem uma das melhores praias fluviais do país onde a água é cristalina, a vista é fenomenal e o ambiente é um santuário para qualquer amante da natureza. Apesar da água ser bastante fria, é tão natural e limpa que após entrarmos o gosto em lá estar ultrapassa qualquer hipotermia (bem... mais ou menos!). Além de que deixa a pele e o cabelo bastante suaves, um spa natural que renova qualquer alma. 

E vocês, já visitaram algum sítio deste género? Como estão a aproveitar as vossas férias?